quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Passarinho

Há muito tempo havia um passarinho,
de canções belas, bem doces e mansas.
Mas o seu canto sombrio e baixinho,
nunca tivera quaisquer esperanças.

Assim seguia o coitado sozinho.
"Sejam benditas as notas que lanças,
que delas possas forrar o teu ninho",
dizia o povo das suas vizinhanças.

Tolos, louvavam as mágoas cantadas,
sem entenderem o seu sentimento,
só pelo modo como eram entoadas.

Tivesse o povo mais um pouco atento,
tinham ouvido as tristezas caladas,
do passarinho, o voraz desalento.

Breno Sarranheira.

Blog: http://dizendoamente.blogspot.pt/
Canal no Youtube:https://www.youtube.com/channel/UCgxeH_WQ9OGcoQ4IaAMI3eg

Imagem: etsy.com


3 comentários:

  1. Olá bom dia, passei só par ade deixar um beijinho e dizer que amo voce imenso.
    Boa semana ❤
    http://sarranheira.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Parabéns pelo lindo poema, é encantador. Venho da Agenda dos blogs, amei conhecer e já estou seguindo pra não perder nenhuma postagem.
    Beijos!
    www.anaholiveeira.com.br

    ResponderEliminar
  3. Nossa,que lindo poema! Amei

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...