sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Fardo

Eis que eu andava com dificuldade,
arrastando um fardo muito pesado,
e por estarem com curiosidade,
passei a ser por eles indagado:

"A que se deve este fardo bizarro,
que nem sei se choro ou se tiro sarro?"
"Já nem mesmo eu sei onde é que o fizeram.
Não lembro se eu o tinha ou se mo deram."

"E sabes ao menos se o fardo é teu,
ou se outra pessoa que to concedeu?"
"Eu também não sei a quem pertencia,
mas penso que fora de outrem um dia."

"Mas diga-me então o por que o levas,
por que tu não o largas e assim te elevas?"
À esta pergunta não tive resposta.
Por que eu levava este fardo nas costas?

"Esta questão eu não sei explicar,
pois nem mesmo eu sequer sei a razão.
Só sei que eu não o consigo largar,
eu não consigo pousá-lo no chão."

Breno Sarranheira.

Canal no Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCgxeH_WQ9OGcoQ4IaAMI3eg

Imagem: timeshighereducation.co.uk


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...