domingo, 28 de setembro de 2014

Paixão

Mas o que é isto que sinto em meu peito?
Que me deixa a tremer e tão sem jeito?
Vem assim de repente e me arrebata,
alegra-me a vida enquanto me mata.

Faz-me sonhar mesmo estando acordado,
sinto-me de novo um adolescente.
Ó como eu queria sim ser informado,
se é o mesmo aquilo que você sente!

A Deus nada mais eu iria rogar,
se do meu lado eu pudesse te ter.
Pois que mais poderia eu desejar,
do que poder amar e amado ser?

Breno Sarranheira.

Visite nosso blog: http://dizendoamente.blogspot.pt/

Imagem: gibeauty.com



1 comentário:

  1. Olá bom dia, lindíssimo poema.
    Boa semana ♥
    Bjinhos ♥
    http://sarranheira.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...