quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Última vez

Nunca mais eu quero a ninguém amar,
meu coração numa bandeja dar,
a nenhuma chamar de meu amor,
tal palavra pra mim tem mui valor.

Nunca mais serei tão precipitado,
me apaixonando no primeiro olhar,
de futuro vou ser mais compassado,
meus impulsos não vão me controlar.

Mas quem é esta mulher que vem a mim,
perfume doce, qual fosse jasmim?!
Acho que vou seu nome perguntar.
Quem sabe eu vim meu amor encontrar?

- Breno Sarranheira.

Curta, comente e compartilhe. Visite nossa página no facebook: Dizendo a Mente
Grato por ler.

Imagem: womenzmag.com.




3 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...