terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Viajar

Numa tarde de chuva eu meditava,
no que esta vida tinha pra me dar,
vendo pois que nada mais me restava,
determinei-me pra longe viajar.

Prestes estava pra seguir caminho,
quando vieram-me então perguntar:
"Pra onde segues e porque vais sozinho?
Como é que poderão lá te encontrar?"

"Pra onde vou não posso te contar,
mas digo o porque que sozinho eu sigo:
ainda que fosse alguém convidar,
pessoa alguma viria comigo.

Também não precisam me procurar,
nem de lamentar a minha partida,
pois para onde eu agora vou viajar,
também vocês vão ao fim desta vida."





Imagem: understandmennow.com/love/why-men-leave-the-minute-they-become-vulnerable/

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...