terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Morto

Minhas forças vitais já se acabaram,
a este mundo por fim eu me rendo,
pois minhas dores me sobrepujaram,
e os seus desígnios eu não compreendo.

Quisera eu uma vez ser feliz,
acredite sim que isto eu fiz,
mas ainda era da vida aprendiz,
e não pude ver suas tramas sutis.

Saí pois de minha cova amada,
só para ser minha alma lograda,
pois pensando eu ser ressuscitado,
tive foi meu coração jarretado.

Depois veio então o rude coveiro,
e disse-me ele de modo grosseiro:
"Sai desta cova que é de outrem
pois nem estás morto, estás muito bem!"

Disse-lhe pois eu então: "Meu amigo,
escuta bem aquilo que lhe digo.
Se não me amam nem amo eu alguém,
não estarei eu já morto também?"



Imagem: www.cemitériosp.com.br

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...