sexta-feira, 10 de maio de 2013

Sombra

Ao ver meu intuito avançar,
de tal coisa pude me aperceber:
o que queria não era mudar,
mas simplesmente desaparecer.

Não quero entre os homens vir a morar,
sofrendo os seus males costumeiros,
que venham minha justiça roubar,
ou de sua maldade ser parceiro.

Queria com as nuvens habitar,
nos sonhos dos vivos comparecer,
em lajes macabras meu nome gravar,
vaga lembrança poder vir a ser.

Despedidas

                Nunca fui bom a despedir-me. Odeio aquele clima mórbido e nostálgico que se instala. Eu as comparo às vacinas: são indispensáveis, e tem mesmo de serem realizadas, no entanto, se reagirmos mal enquanto ela se efetua, iremos tornar o momento mais dolorosa do que devia ser.

                Recebi muitas vacinas nos últimos dias, mas nenhuma delas se comparou a que recebi de meus familiares no dia 7 de Maio de 2013, no aeroporto de Lisboa. Despedirmo-nos de amigos e da família exterior é fácil, mas despedirmo-nos daqueles que vivem na nossa casa é extremamente exaustivo.

                Cada vez que nos apercebemos de o que quer que estejamos fazendo estamos fazendo pela última vez, naquele ambiente, daquele modo, com aquelas pessoas, é como se nos fosse dada uma facada no coração, mesmo que seja algo tão simples como olhar pela janela.

                Isso acontece porque somos atingidos de súbito por ma marreta de entendimento da preciosidade de tal coisa, por mais banal que seja. Apercebemo-nos de que aquilo já faz parte da nossa vida e que vamos lamentar a sua perda. Às vezes é mais doloroso despedirmo-nos de coisas como estas do que de pessoas.

                O post já acabou, por isso tenho de me despedir. Não quero demorar muito porque nunca fui bom nisso.

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Medo

Tenho medo...

Tenho medo das coisas passadas,
que habitaram em tempos já idos,
aquelas em silêncio condenadas,
assuntos nunca antes discutidos.

Tenho medo de minha própria casa,
e de todos os que nela habitam,
de vir a atiça-la em viva brasa,
criando intrigas que tanto evitam.

Tenho medo do que cá deixarei,
e do que lá irei encontrar,
medo do que para lá eu levar,
contraste com o que de lá tirei.

Tenho medo de me aperceber,
somente com o corpo lá estar,
de vir por fim a me arrepender,
e de minha empresa deplorar.

Tenho medo...

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Random question of the day

Which worldwide famous monument would you like to see?

Pergunta aleatória do dia

Que monumento muldialmente famoso gostaria de ver?

Voice of the mind

                Are you breathing? Of course. Nonetheless, it's probable you weren't thinking about it until I brought your atention to it. The same thing happens with our thoughts.

                We are constantly thinking and doing it is as vital as breathing. Thoughts are divided into two groups: those we can express with words and gestures. and those we can only try trough our eyes.








                Looking is something really fascineting. It is the most complete form of communication between humam beings. Words are confusing, ambiguous and hollow. The eyes however, are sincere, sometimes even too much(who has never felt embarassed by being caught looking at someone by that very person, because we knew that our eyes had said all we were thinking?), leaves nothing to be said, doesn't lie. There's nothing more wonderful and frustating than trying to express to someone that we love them only with our eyes. When we do this, we are really saying our mind.

                It's not by no reason that while saying goodbye, on the final moments, when the heart bleeds love, people don't speak anithing but just stare at each other's eyes. It's not that they aren't saying anithing, no, far from that, but what they are saying, they are saying with their souls, and what speaks isn't the mouth but the eyes. And believe me, they say more than we could ever imagine.

                How many couples would be formed if it was possible to hear the most beautiful thoughts of affection that occur on the other person's mind? How many insecurities would be placated? How many friends would turn to brothers?

                So, the next time you need to say something and don't find the words, don't be troubled. That foolish and speechless gaze is already saying everything the other persons needs to hear.

Voz da mente

                Está a respirar? É claro que sim. No entanto, é provavel que não estava pensando nisso até eu ter-lhe chamado a atenção. O mesmo se dá com os pensamentos.

                Estamos constantemente a pensar e faze-lo é tal vital quanto respirar. Os pensamentos dividem-se em dois tipos: os que conseguimos expressar por palavras e gestos e os que só o podemos tentar fazer com o olhar.








                O olhar é algo realmente fascinante. É a forma de comunicação mais plena que existe entre seres humanos. As palavras atrapalham, são ambíguas e ocas. Os olhos no entanto são sinceros, as vezes até demais, (quem nunca se envergonhou por ser visto por quem estava a observar, por saber que seu olhar tinha dito tudo o que estava pensando?), não deixa nada por ser dito, não mente. Não há nada mais maravilhoso e frustante do que tentar expressar a alguém o quanto o amamos com o nosso olhar. Quando o fazemos estamos verdadeiramente dizendo a mente.

                Não é por acaso que aquando das despedidas, nos momentos finais, quando o coração sangra amor, as pessoas não falam nada mas simplesmente cruzam olhares. Não é que elas não tenham nada que dizer, não, longe disso, mas o que dizem, dizem com a alma, e o que fala não é a boca mas sim os olhos. E acredite, eles dizem muito mais do que algumas vez poderíamos imaginar.

                Quantos casais não seriam formados se fosse possível ouvir os mais lindos pensamentos de afeto que ocorrem na mente da outra pessoa? Quantas inseguranças não seriam aplacadas? Quantos amigos não se tornariam irmãos?

                Portanto, da próxima vez que precisar dizer o que pensa e não encontrar palavras, não se aflija. Aquele olhar tolo e mudo já está dizendo tudo o que a outra pessoa precisa ouvir.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...