segunda-feira, 22 de abril de 2013

Viver

                Vida. De acordo com a ciência, para algo ser considerado um ser vivo deve ser um organismo que nasce, cresce, desenvolve a capacidade de se reproduzir e morre. Isso está muito correto quando aplicado a bactérias, animais e plantas, mas de forma alguma quando se aplica a seres humanos.
                Ao contrário de todas as outras formas de vida, o Homem tem não só as necessidades de comer, beber e se abrigar, mas ele também precisa se sentir amado. Não é algo que possa ser negligenciado, não, é absolutamente imprescindível para a vida. É possível sobreviver sem amor, mas não é possível viver sem ele. Qual a diferença? Bem, para sobreviver basta manter intactas as funções vitais do corpo, mas viver implica desfrutar a vida, sentir-se vivo.


                Para os seres humanos não basta ocupar espaço nesse mundo, pois isso até as pedras fazem. É preciso sentir, não saber, que nossa presença é prezada, que nossos sentimentos são importantes.
                Ninguém vive para si mesmo. A beleza do universo nos obriga a ter alguém com quem a contemplar. Se virmos que não há ninguém queira o nosso amor ou queira dar o seu amor a nós, não estamos mais vivos do que aqueles dormem nos túmulos.
                https://www.facebook.com/pages/Dizendo-a-Mente/362170663903650?ref=tn_tnmn

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...